Buscar
  • Fernando Kimura

O que é economia circular?


A economia circular propõe um modelo econômico que valoriza o processo produtivo contemplando: reflexão, redução e reutilização de materiais ou produtos.

Neste gráfico conseguimos compreender melhor os princípios da economia circular:



RECUSAR - uma vez que podemos reutilizar ou reciclar, será que sempre vamos precisar de matéria prima nova? Ou o reuso/reciclagem podem auxiliar a reduzia a produção/aquisição de novas matérias primas.


REFLETIR - na economia circular temos uma oportunidade de refletir a forma como consumimos, ou embalamos produtos, serviços, qual tempo de usabilidade de um produto ou uma roupa, assim começamos a realizar escolhas com maior transparência e solidez.


REDUZIR - Produção e transformação - esse processo nos leva a redução de produção e transformação de um item por exemplo, esta redução na produção pode resultar em melhor circulação de produtos reutilizados por exemplo, um "novo" mercado. Não chamaria de novo pq por exemplo a OLX atua no mercado de venda de produtos de uma pessoa para outra pessoa, onde muitos vendem móveis, eletrodomésticos, roupas, olhar aqui um exemplo de reutilização, reduzir não necessariamente significa não vender, o produto gira e a economia gira.


REUTILIZAR - simples assim eu quando criança uns 7, 8 anos eu usei roupas do meu primo mais velho, assim como um primo mais novo meu reutilizou minhas roupas. Esse é um simples exemplo, mas podemos reutilizar garrafas de vidro para criar um abajur, ou reutilizar as portas de um guarda-roupa antigo para fazermos prateleiras, sacolas para compras... enfim podemos reutilizar muitas coisas em nosso dia a dia!


RECICLAR - Reciclar faz parte do processo da economia circular, embalagens de produtos que possam ser recicladas, no BR temos exemplo das latas de alumínio de refrigerantes e cervejas, que são extremamente reutilizadas.


ECONOMIA CIRCULAR EXEMPLOS

A rede de lojas de móveis europeia Ikea, é um exemplo que devemos observar, pois além de comercializar os produtos no formato de reutilização, está olhando para a preservação de áreas, pensando em maneiras de consumir matéria prima mais sustentável, como o projeto Acacia focado em apoiar pequenos produtores de madeira certificada:

A Ikea não por aqui em suas ações, eles acabam de comprar uma floresta para preservar a biodiversidade.

O grupo Ingka Investments acaba de adquirir 45kms quadrados na Geórgia USA e este espaço fará parte da floresta do grupo Ingka Investiments, um dos objetivos é a restauração da floresta e plantar mais do que colhem, explica Krister Mattson (Managing Director - Ingka Investiments.


O objetivo é a preservação dos espaços e da biodiversidade que se perdem com a chegada de empreendimentos associados a agricultura, o que provoca destruição, bem como incêndios, o objetivo é que pelo menos estes espaços sobrevivam garantindo assim uma mínima biodiversidade para o futuro (pensamento a longo prazo super estratégico).


Neste projeto eles trabalham com The Conservation Fund, organização sem fins lucrativos que geria o terreno até aqui.


Eles possuem investimentos com este mesmo propósito em outros países como: Estónia, Letónia, Lituânia e Romênia.


Frente a esse movimento temos uma mudança de uma marca líder mundial, sinalizando uma estratégia mais abrangente.


As ações e estratégias da IKEA relacionadas a reutilização, a sustentabilidade estão tomando uma forma muito robusta, e que começa a nos dar uma ideia dos negócios no futuro.

Ainda em 2020, inauguraram a 1 loja somente de produtos de segunda mão.



Loja revende somente produtos reutilizados ou reciclados. Localizada na cidade sueca Eskilstuna, no shopping ReTuna, espaço exclusivo para lojas que vendem itens de segunda mão.


Neste caminho a Ikea abre discussão para uma nova economia.


O conceito de economia circular também está chegando no Brasil, gravei esta loja em São Paulo na Alameda Itu com a Rua Haddock Lobo, o brecho Peça Rara, a rede que teve início em Brasília já está chegando a outras capitais e cidades do Brasil, São Paulo, Goiânia, Cuiabá, Porto Alegre, Recife além de diversas lojas no DF.


Será que não vale trocar consumir por reutilizar?

Confira o vídeo da loja aqui de SP:

Refletir, Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Recusar aquisição de matérias-primas visando melhor aproveitamento do que já é produzido.


O que você acha?

Acredita que este conceito tem mais espaço para crescer no Brasil?

Eu acredito e muito neste conceito! :)! Temos um grande desafio para a inclusão de todos neste sentido, de uma mudança e conscientização desde conceito em todas as classes sociais.

WORKSHOP MARKETING ARTE LINGUAGEM CRIATIVIDADE FERNANDO KIMURA



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo